sábado, 12 de novembro de 2011

a, b, c ...


Não há nada de mais perigoso que ter um amigo ignorante, assim vale mais ter um sábio inimigo.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

chega de sofrimento.

Todos nós sonhamos com uma boa reputação no futuro, mas cada vez mais pergunto-me a mim mesmo - Estará esta sociedade de hoje em dia, a contribuir para que isso aconteça? A meu entender não, preocupa mo-nos mais em apontar o dedo aos outros sem antes pensarmos nas consequencias que esse acto pode trazer. Há sonhos impossíveis de realizar, e enquanto assim for vamos sonhando alto mas depois de tudo pelo que já passei chego á conclusão que com esforço e dedicação conseguimos tudo o que queremos e neste momento o que quero é ser feliz, puder aproveitar a vida ao maximo sem qualquer problema. Áquelas pessoas ,que comentam quando passo resta-me dizer que ninguem sabe o dia de amanhã e que a vida é apenas uma passagem e sei que um dia todos voces vão-se arrenpender do que dizem agora a meu respeito. Seijam verdadeiros uma vez na vida e tenham uma conversa em que me confrontem com tudo  para que eu possa ter argumentos para me defender e para que percebam que não sou o que voces pensam e que nem virei a ser o que voces acham. É apenas um mero desabafo, ufaa ! acabou aqui, por hoje ! Amanha será outro dia, e ao acordar vou pensar nas pessoas que diariamente convivem comigo e que fazem de mim uma pessoa ADULTA, posso ter aparencia de puto mas de mentalidade supero todos os que de mim têm muito a falar. 

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

amor de família.

Ninguém consegue explicar o valor da nossa amizade. Visto de fora para muitos pode parecer um fracasso mas para quem lida connosco diariamente sabe bem o valor que tens para mim e o quanto somos inseparaveis. Por vezes recuo no tempo e fico a pensar na nossa infancia, quando eramos crianças tratava mo-nos mal um ao outro e até andavamos á porrada mas com o tempo a nossa mentalidade mudou e ambos percebemos que algo estava em nós para nos tornarmos as pessoas que somos hoje e como tudo na vida, nós aprendemos com os nossos proprios erros, com os conselhos dos verdadeiros amigos e com o apoio de quem nos ama e TU ajudas-me, dás-me conselhos e levas-me ao fundo para ser eu a dar conta das minhas falhas. Para lidar comigo mesmo uso o cerebro mas para lidar contigo uso o coração, e a vida ainda nos vai fazer ver o bom e o mau e é ai que vou bater com a cabeça e pensar que quando me dizias as verdades não era em vão, mas o que é verdade é que tenho apenas 16 anos, e enquanto a realidade de hoje em dia for uma mrd vou sonhando com o que o meu futuro me aguardará . És uma pessoa forte, capaz de vencer tudo e todos sem qualquer tipo de receio! e para mim é um orgulho por saber que és uma lutadora e uma vencedora. Juliana nós temos mais quem nos odeie do que nos ame e a realidade é que a amizade não é algo em vão, mas sim um processo de maturidade que nos vai levar ao verdadeiro encontro com as pessoas que diariamente e quando necessitamos estão ao nosso lado - os VERDADEIROS AMIGOS. Quero que estejas sempre comigo e quando precisar de ti a meu lado quero que me des a mão e que sejas a pessoa mais sincera e digas o que está correcto e incorrecto. AMO-TE ♥

segunda-feira, 25 de abril de 2011

será?

Ainda me recordo do dia em que olhei para ti e disse um simples "Amo-te". A teu entender eu tentaria transmitir apenas o que sentia. Era um criança, inocente? Talvez. De ti podia esperar tudo, um beijo, um abraço, uma gargalhada, um presente enfim só tu sabias o que me deixava feliz. Estarei a sonhar alto? Talvez. Ainda não consegui ter a certeza da resposta ás minhas questões interiores. Sinto que a cada dia que passa estou a desperdiçar uma oportunidade única, a ideia de ter-te de volta - voltar a ter uma conversa contigo, voltar a ouvir-te dizer perante mim, " és o meu orgulho". Sei que neste momento não te consigo enfrentar, não te consigo dizer que és o meu verdadeiro amigo, não tenho forças para atingir tais objectivos. No fundo disto tudo tenho saudades de teres mudado as tuas atitudes perante a minha pessoa e não saberes aceitar a fase pela qual estou a passar - a adolescência. Quero apenas que saibas que todos nos partimos e enquanto estiver a teu lado nunca vou dar o braço a torcer, o ódio, a desilusão, tristeza e revolta falam mais alto. Um dia vou-te chamar de pai, num mundo em que torne a ser criança e tenha um carinho, um sorriso e uma palavra amiga da tua parte. Quando assim for, tenho tudo o quanto basta para te dizer - "Amo-te pai, meu verdadeiro amigo".

domingo, 3 de outubro de 2010

Amigos, cá estou para vos contar mais uma das minhas tardes loucas passadas na baixa!  Eram 14:20 quando sai em direcção a casa da Liliana, estive um bocado com ela na sala no pc e ainda vimos dois vídeos engraçados. Faltavam 6 minutos para o autocarro e lá fomos nós até á paragem. Quando chegamos ainda tivemos a fazer tempo e como devem imaginar, sempre a rir ( faz bem ás rugas;) ). O autocarro chegou e nós fomos até á baixa e quando lá chegamos começamos logo a caminhar em direcção ao bes para a Liliana ir depositar um cheque, mas não é que o banco estava fechado? Vejam lá, vejam lá bem. Prosseguimos até a uma paragem de autocarro para irmos a José Falcão e então não é que passam dois autocarros e eu dei uma das grandes calinadas ? Então foi assim: “10 – via sobralcidade” ( Liliana vilão começa-se a rir do tipo : ahahahahahah ) foi tudo uma questão de segundos, e eu assim que me apercebi da calinada desatei logo a rir , vejam bem. Entramos no bus e a senha não queria entrar:O mais uma vergonha que não esperava acontecer, mas como nem todas as pessoas são iguais, o senhor até foi simpático e deixou-me passar. Chegamos á José Falcão e uma senhora da secretaria estava com uma lupa na mão ( como os problemas visuais chegam a estes pontos, meu deus ) e um simples olhar para a Liliana desencadeou o riso entre nos :D. Recebemos a papelada toda e viemos a pé em direcção ao quiosque dos smtuc, mas a meio do caminho paramos no mac donalds para comprar uma Coca-Cola, e mais um momento de riso aconteceu. Dirigimo-nos ao balcão e pedi a minha coca-cola e uma caixa de nugets, a senhora que era escura perguntou o que é que a Liliana queria, e ela disse que era um gelado, e encaminhou-a para o piso de cima, lá fomos nós ( agora começa a parte mais engraçada ). Chegamos ao balcão e a Liliana queria um mc flurry de oreo mas como não havia pediu um mac flurry de magnum e vira-se um preto “ então leve-me a mim” ( foi aqui o momento de riso :D ) ao sairmos do mac fomos em direcção ao quiosque ( estávamos cheios de dores nos pés, vejam lá ) e ao chegarmos a senhora informa-nos que era outro papel para fazer o carregamento do passe ( tivemos que voltar a José falcão, subir a avenida toda :o). Pelo caminho so pensávamos na chegada á secretaria daquelas instalações. Chegamos lá e reclamamos logo com o senhor que lá estava ( que por sorte nos atendeu ao inicio ) e assim que recebemos a papelada certa viemos embora, então não e que estava a chover torrencialmente ? :O ( arriscamos e pusemo-nos ao caminho xD ) e quando chegamos ao pé do quiosque mais uma barraca e mais um momento de loucura aconteceu, estava um homem do género bob marley , a comer a comida que estava no lixo ( ao inicio meteu impressão mas depois eu e a Liliana olhamos um para o outro e começamos a rir até não puder mais. ) entramos no quiosque e carregamos o passe, e viemos em direcção á papelaria marciano ( não me pagam nada para fazer publicidade mas pronto :D ) onde comprei uma mochila da eastpak muito bonita :o. Para terminar em grande, ao entrarmos no bus a senha não entrava, mas desta vez o homem era muito antipático e fartou-se de ralhar ( não fiquei em terra, é o que interessa ;) )Tipo, sabem aquele vento que se faz sentir nos autocarros ? nem sabem, ficamos todos despenteados, até uma senhora com bigodito estava-se aproveitar do vento para se livrar dos piolhos e pronto, Assim foi mais uma das minhas tardes passadas junto de quem mais gosto, e sem duvida de quem me faz rir e ser feliz cada vez mais.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

02.09.2010 (L)

Eram 8:00 da manhã e já tocava o despertador, trim trim trim ! Lá me lembrei que tinha de estar em casa da Liliana as 9:00 horas para irmos a piscina. Só me levantei ás 8:30, fui lavar a cara, fazer chichi (também fazes J ) E depois fui lavar o cérebro ( o cabelo e tudo :D ). Vim em direcção ao meu quarto e vesti-me, fui comer, lavar os dentinhos e meti uma pastilha a boca no caminho de casa da Liliana. Estava frio, não havia sol e eu estava de calções, t-shirt, tolha ao pescoço e chinelos (quem passasse por mim devia pensar que eu era maluco ou que estava sonâmbulo :O). Cheguei a casa da Liliana e ainda tive uns minutos no sofá dela com a Beatriz marinheiro, até que chega a altura de irmos para o bus. Entramos e até á baixa fomos sempre a rir, ( faz bem as rugas minha gente :D ). Chegamos á baixa e fomos em direcção ás piscinas, ainda tínhamos que andar um bom bocado, e a dada altura liga-me um amigo que fazia parte do nosso grupo, o André (queria-me dizer que já tinha chegado com a Adriano). Aceleramos o passo e perto do clube de remo íamo-nos encontrar com os coelhos ( o João e o Pedro )  e finalmente chegamos a piscina. Já lá estava a minha amiga Márcia junto do André. A piscina era quase só nossa, e assim que lá cheguei mergulhei, e estava-se melhor dentro do que fora de água, mas o engraçado é que mergulhei de uma forma única, DE T-SHIRT E DE CALÇOES (o que eu sofro amigos, mas até gostei xD ) passou-se, tirei a t-shirt e continuei na água e logo de seguida queriam mandar a minha toalha, vejam lá bem ! O sol não abria e já alguns amigos lá presentes comentavam, “á tarde se sol não abrir bazo”. Mas não é que á tarde o sol abriu? (é verdade) começou a chegar mais amigos, e a piscina começou a encher, foram fotos na água, foram gargalhadas, e até temas de conversa de puro SEXO. (aquela Liliana só quer matoo, ahahah :D ) Só os melhores momentos foram passados na parte da tarde J. Até ameaças recebemos, e até o PH da água estava a ser feito :D. Sinto-me feliz em dias como estes.  2.9.2010 <3